• Autor Jonathan Swift
  • Ilustrador
  • Coleção Tesouros da Literatura
  • ISBN 9789897077791
  • PVP 16,99 € (IVA incluído)
  • preço fixo até fim de fevereiro de 2020
  • 1ª Edição setembro de 2018
  • Edição atual 1.ª
  • Páginas 448
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 140x208x28 mm
  • Idade 11+

Um livro de aventuras fantásticas que se tornou um clássico da literatura universal.

O protagonista desta história é Lemuel Gulliver, que aqui relata as famosas peripécias das quatro viagens que o levaram a conhecer lugares e seres improváveis. Desde os pequenos liliputianos, que passam a vida em disputas fúteis, até aos gigantes altivos e gananciosos de Brobdingnag, todos os cenários se revelam surpreendentes.

Nas suas viagens, Lemuel Gulliver experimentou todo o tipo de emoções: o medo, ao cruzar-se com piratas; a perplexidade, ao ver-se numa ilha voadora, rodeado por cientistas loucos; a alegria, a dúvida, entre tantas outras que vai sentindo no decorrer de ininterruptas aventuras. Terminada a epopeia marítima, quase 17 anos depois, ao regressar a casa, Gulliver é outra pessoa.

«Se um romance publicado na segunda década do século XVIII ainda hoje é lido em toda a parte e com o mesmo prazer por crianças, jovens e adultos, tem forçosamente de ter qualquer coisa de excecional. E esse é um dos milagres da grande literatura: nunca envelhecer nem passar de moda.» in Prefácio de Maria do Rosário Pedreira

Jonathan Swift nasceu a 30 de novembro de 1667, em Dublin, onde veio a morrer a 19 de outubro de 1745. Órfão de pai, com apenas um ano de idade é deixado pela mãe ao cuidado de um tio, que se encarregará da sua educação. Em 1682, ingressa no Trinity College, mas quatro anos depois é dispensado devido ao seu mau comportamento.

Em 1688, com a morte de seu tio, foi para junto da mãe, que se mudara para Leicester. Tornou-se então secretário do escritor e diplomata Sir William Temple. Em 1693, doutorou-se em Teologia pela Universidade de Oxford e, em 1695, regressado à Irlanda, foi ordenado sacerdote da Igreja Anglicana. Mas depressa retomou o cargo de secretário de Sir Temple.

Em 1704, Jonathan Swift começou a publicar os seus próprios textos. A sua obra-prima, As Viagens de Gulliver, foi publicada em 1726, tornando-se um clássico da literatura juvenil. Jonathan Swift escreveu poesia e prosa, mas ficou conhecido sobretudo pelo estilo satírico dos seus textos em prosa. A sua ironia é tão particular, que existe mesmo o termo «Swiftian» (swiftiniano), para textos que têm um estilo semelhante ao seu.